RESTAURANTE BRASILEIRO É ELEITO UM DOS MELHORES DO MUNDO EM OSCAR DA GASTRONOMIA.
Atualidades

A rica culinária brasileira foi reconhecida na ultima terça-feira (05.10) pelo o que é considerado o Oscar da gastronomia. O estabelecimento paulista Casa do Porco ficou na 17ª posição na premiação internacional The World’s 50 Best Restaurants 2021, dividindo o ranking com renomados restaurantes da Espanha, Dinamarca, Peru, Áustria e Japão.

A casa brasileira, do chef Jefferson Rueda, oferece aos clientes o melhor da variedade suína, com produtos artesanais de alta qualidade e busca evidenciar o pequeno produtor local. Os porcos são criados em uma fazenda particular no interior de São Paulo com uma dieta natural de soro de leite e vegetais – o que promete ser a receita do sucesso da casa. O menu tem opções que utilizam todas as partes do animal de diferentes formas, como linguiça de sangue caseira e sushi de papada.

Os pratos inusitados fazem parte do conceito do restaurante, que pretende desmistificar mitos sobre a carne de porco e quebrar preconceitos, desafiando os clientes a saírem da zona de conforto culinária e experimentar novos sabores e texturas, com uma generosa pitada de criatividade. E o melhor: tudo isso com um preço acessível. O caráter excêntrico da Casa do Porto está estampado também no ambiente, com decoração divertida, colorida e descontraída, que mistura um estilo jovem e industrial.

No último mês, o 50 Best Restaurants divulgou uma lista estendida da premiação, que coroou os também brasileiros D.O.M., de Alex Atala, ocupando a 61ª posição no ranking; o Oteque, de Alberto Landgra, na 67ª posição, e o Lasai (85° posição), do casal Rafa Costa e Silva e Malena Cardiel.

“Fico muito satisfeito com premiações como esta. Este reconhecimento mostra para o mundo o valor da nossa gastronomia, que tem o mesmo nível de competitividade que qualquer outra, e eu diria que ainda mais, pelas nossas riquezas e variedade de produtos que só o Brasil tem”, comentou o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto.

TURISMO GASTRONÔMICO – Dados da Organização Mundial do Turismo (OMT) apontam que a gastronomia é o terceiro maior impulsionador de viagens no mundo. No Brasil, a gastronomia movimenta cerca de R$ 250 bilhões por ano, segundo cálculos da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), e é um dos itens mais bem avaliados por estrangeiros em visita ao Brasil. Oito em cada 10 turistas internacionais aprovaram a gastronomia brasileira em 2019, segundo um estudo realizado pelo Ministério do Turismo com visitantes de outros países (Demanda Turística Internacional).

FONTE: MINISTÉRIO DO TURISMO.

Veja também!

ITA ANUNCIA BRASÍLIA-RECIFE A PARTIR DE 14 DE OUTUBRO .
MINISTÉRIO DO TURISMO DIVULGA CAMINHO DOS JESUÍTAS NA ABAV EXPO 2021.

Veja também!

Menu