OS NICHOS E NOVOS PRODUTOS DO RIO GRANDE DO NORTE; CONFIRA E VENDA.
Atualidades

Um dos Estados mais turísticos do País, com atrações de Sol e Mar, Cultura e Gastronomia muito fortes, o Rio Grande do Norte está investindo em nichos como o Luxo, o Turismo Religioso, o Turismo Esportivo, a Gastronomia e destinos para o público LGBTQIA+.

Aproveitando a edição 2021 do Sertões (novo nome do Rally dos Sertões), que teve largada de Pipa, no litoral sul do Estado, a reportagem do Portal PANROTAS fez alguns novos roteiros e traz todos os detalhes na Revista PANROTAS 1.485, já disponível em sua versão on-line, aqui no Portal PANROTAS, e também no Telegram e em nossa lista no WhatsApp.

O Turismo Religioso de Santa Cruz, onde fica a maior estátua cristão do mundo, no Santuário de Santa Rita de Cássia, o Turismo Esportivo em Baía Formosa, terra de Ítalo Ferreira, medalha de ouro no surfe na Olimpíada de Tóquio, o Turismo Serrano, de São Bento, e ainda novidades em Natal e Pipa, como o hotel de luxo Île de Pipa MGallery Collection, recém-inaugurado pela rede Accor.

A partir de Pipa e Natal é possível fazer esses e outros roteiros e descobrir novos nichos e produtos no Rio Grande do Norte. E mesmo Natal ganha mais atrativos em breve com a reabertura da Fortaleza dos Reis Magos (ainda este ano) e com a inauguração do Complexo da Rampa, atração interativa contando a história do Estado durante a Segunda Guerra Mundial, quando foi base americana.

Também nessa edição, não perca as novidades da Flórida para quando as fronteiras americanas reabrirem. Há muito o que visitar e ver além de Orlando, destino preferido dos brasileiros no Estado ensolarado.

E ainda leia um resumo dos debates do Portal PANROTAS sobre as pesquisas de viagens de lazer e corporativas do TRVL LAB e da ELO. Executivos do TRVL LAB, ELO, Abreu, GJP, LTN e TP Corporate e Credit Suisse analisam as tendências e a evolução prática no mercado.

FONTE: PANROTAS

Veja também!

BRASIL TEM SEGUNDO MAIOR NÚMERO DE DONOS DE JATINHOS DO MUNDO.
REGULARIZAÇÃO DE ACAMPAMENTOS TURÍSTICOS NO PAÍS MAIS QUE DOBRA DURANTE A PANDEMIA.

Veja também!

Menu