OMT PREVÊ QUEDA DE 30% NAS CHEGADAS INTERNACIONAIS, MAIOR DA HISTÓRIA!
Uncategorized

Por Igor Regis / MERCADO&EVENTOS

A Organização Mundial do Turismo (OMT) estima uma queda entre 20% e 30% nas chegadas internacionais em virtude da pandemia de coronavírus. Este redução deve se traduzir em um impacto de US$ 300 a 450 bilhões nas receitas internacionais de turismo, que chegaram a US$ 1,5 trilhões em 2019. No ano passado, o mundo registrou aproximadamente 1,5 bilhão (1,46 bi) de turistas internacionais e a expectativa inicial da OMT para 2020 era de um crescimento de 4%.

Se confirmada a queda de 30% em 2020, as chegadas internacionais voltaram ao mesmo patamar 2012, o que seria a maior queda da história, tento como base os dados da OMT. A queda deste ano também quebrará uma sequência de crescimento de dez anos consecutivos no número de chegadas internacionais. Nesta década, o crescimento foi de 64%.

Para ter uma ideia do impacto desta redução, a OMT compara os números com os da crise de 2009, quando houve uma queda de apenas 4% no número de chegadas internacionais. Já o surto de SARS levou a um declínio de apenas 0,4% em 2003. Os dois anos foram os únicos a registrar queda no número de turistas internacionais nos últimos 25 anos.

O secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili, disse: “O turismo está entre os mais atingidos por todos os setores econômicos. No entanto, o turismo também está unido para ajudar a resolver esta imensa emergência sanitária – nossa primeira e máxima prioridade – enquanto trabalha em conjunto para mitigar o impacto da crise, particularmente no emprego, e para apoiar os esforços de recuperação mais amplos, fornecendo empregos e promovendo o bem-estar econômico no mundo todo”

Veja também!

MTUR: LINHA PARA FINANCIAR FOLHA DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS BENEFICIA O TURISMO
CARNAVAL 2020 É MARCADO POR RECORDES

Veja também!

Menu