MINISTÉRIO DO TURISMO PLANEJA AÇÕES DE SEGURANÇA PARA VIAGENS RODOVIÁRIAS
Atualidades

A segurança viária é um dos principais itens que preocupam os brasileiros na hora de pegar a estrada, seja de ônibus, carro ou outro veículo automotivo. Vias bem asfaltadas, pontos de apoio aos viajantes qualificados e rotas turísticas preparadas são algumas das expectativas de quem está conhecendo o Brasil através das rodovias nacionais. Diante disso, o Ministério do Turismo, por meio do Fórum de Mobilidade e Conectividade Turística (Fórum MOB-Tur), está iniciando um Grupo Técnico (GT) para propor medidas e diretrizes que ajudem na estruturação e adequação das rodovias aos motoristas e passageiros.

Em alusão ao “Maio Amarelo”, mês de conscientização sobre a segurança no trânsito, a Pasta planeja incentivar a implantação de espaços de descanso em instalações localizadas às margens das rodovias brasileiras com o intuito de reduzir a fadiga do motorista no trânsito e também de proporcionar uma experiência turística e cultural aos viajantes. “Essa ação do Ministério do Turismo está aderente aos objetivos do movimento Maio Amarelo e contribui com a pauta de segurança viária uma vez que se deseja que os deslocamentos de turistas e passageiros em rodovias possam ser realizados de forma segura e planejada”, disse o Coordenador-Geral de Mobilidade e Conectividade Turística, Higor Guerra.

A formulação dessas diretrizes terá a cooperação técnica entre a Secretaria Nacional de Atração de Investimentos, Parcerias e Concessões do Ministério do Turismo e o Laboratório de Transportes e Logística (Labtrans) da Universidade Federal de Santa Catariana. Até o momento, já foram identificados 35 artigos e 33 manuais na pesquisa bibliográfica relacionada ao tema de Pontos de Apoio aos Viajantes e selecionadas boas práticas internacionais que irão servir de base para o desenvolvimento dos trabalhos do GT.

Além disso, a equipe do Labtrans também está identificando pontos estratégicos nos trechos rodoviários que compõem as ligações entre municípios das rotas turísticas estratégicas do programa Investe Turismo. Ao todo, a iniciativa comtempla 30 regiões do país, com 158 municípios que possuem grande relevância para o turismo nacional.

O interesse em preparar e desenvolver este segmento turístico vem ao encontro dos bons números que devem atingir o setor rodoviário até o final do ano. Dados da ClickBus, empresa de emissão de passagens de ônibus online, apontam que o setor deve crescer até 55% durante todo o ano. Segundo eles, o número deve ter alta principalmente no segundo semestre. Para se chegar a este número, a empresa estudou o comportamento de buscas dos consumidores e também na recuperação de setores afins em outros países.

FÓRUM MOB-TUR – Além do turismo rodoviário, o fórum tem a função de discutir e propor políticas e estratégias para aperfeiçoar a mobilidade e a conectividade turística no Brasil; consultar autoridades e técnicos ligados à mobilidade e à conectividade turística e promover a coesão das ações e programas.

Além disso, vai realizar estudos em temas relacionados à mobilidade e à conectividade turística, bem como observar experiências internacionais nono segmento e conhecer as práticas.

Fonte: Ministério do Turismo

Veja também!

MTUR E ITAMARATY DEBATEM AÇÕES PARA FOMENTAR TURISMO
HOTEL BRASILEIRO É ELEITO O MELHOR DO MUNDO

Veja também!

Menu