IDEMA EMITE LICENÇA DE OPERAÇÃO PARA EMPREENDIMENTO EM PIPA
Atualidades

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema, emitiu nessa quinta-feira (30), Licença de Operação para o empreendimento turístico Ilê de Pipa. O empreendimento é misto, composto por hotelaria e unidades habitacionais tipo flat, localizado na Avenida Baía dos Golfinhos, Zona Urbana do Município de Tibau do Sul/RN. A licença tem validade de 6 anos.

A análise do processo para emissão da Licença de Operação (LO) foi finalizada neste período em que o órgão se encontra em sistema de teletrabalho. O diretor geral do Idema, Leon Aguiar, destaca o empenho da equipe nas atividades neste período. “A modalidade de trabalho que o momento pede de nós devido à pandemia da Covid-19, não tem interferido no desempenho das equipes. Os técnicos continuam analisando os processos novos e os que estavam em trâmite no órgão, de maneira bastante responsável e com agilidade, e esse empreendimento é exemplo disso”, afirma.

Para a viabilidade ambiental do projeto, o empreendimento obedeceu todas as condicionantes e alterações sugeridas pelo Idema. De acordo com a supervisora do Núcleo de Construção Civil (NCC), Adriana Castro, o respeito à Área de Proteção Permanente (APP) de Falésia, é um dos destaques. “Durante análise inicial, foi identificada uma falésia. Quando analisamos e apresentamos ao empreendedor a existência desta APP, que prontamente adaptou o projeto, realizando alterações satisfatórias. A todo momento, o diálogo do Idema com o empreendedor foi bastante positivo, e isso também demonstra o interesse por parte dos responsáveis em preservar as indicações do órgão ambiental”, relata a supervisora.

Outro exemplo que atendeu satisfatoriamente a equipe técnica durante o período de instalação do empreendimento, foi a proposta de drenagem, devidamente aprovada pelo Idema. “Foram feitas vistorias na área em todos os processos de licenças ambientais anteriores e se constatou a compatibilidade entre o que foi aprovado, executado e concluído, no que concerne ao sistema de drenagem de águas pluviais apresentado. Foi instalado o sistema de captação e acumulação em reservatórios para reutilização. Essa opção de projeto oferece condições de atender à demanda estando coerente com as características da área”, relata a supervisora do NCC, Adriana Castro.

A economia é também uma grande preocupação do Governo neste momento de crise de saúde pública mundial e manter o ritmo de trabalho na esfera pública é a recomendação da governadora Fátima Bezerra. “O pedido é uníssono para todos os gestores, precisamos atuar em todas as frentes e estamos fazendo isso desde o início. Buscando proteger a saúde, sem descuidar das demais áreas. Quando passar esse período de pandemia, o empreendedor aproveitará todo o potencial que o empreendimento tem a oferecer para o setor turístico e, consequentemente, fortalecer a economia após um momento difícil para todos os setores do nosso Estado”, finaliza o diretor geral do Idema, Leon Aguiar.

Sobre o Ilê de Pipa

O empreendimento turístico Ilê de Pipa é de uso misto (hotel e flat), composto por 153 unidades habitacionais, sendo 54 UH destinadas a Hotel e 99 UH ao flat, além de restaurante, bar, área de lazer com piscina, SPA, Fitness, sauna, lojas, garagem e setor administrativo com lavanderia, lavabo, vestiários, geradores, dentre outros. O empreendimento, com 03 pavimentos (subsolo; pavimento térreo e pavimento superior), possui área construída total de 13.532,79 m².

Por Blog do FM

Veja também!

HOTEL THERMAS DEMITE MAIS DE 200 FUNCIONÁRIOS E NÃO TEM PREVISÃO DE RETORNO
PANDEMIA DO CORONAVÍRUS ATINGE SETOR HOTELEIRO NACIONAL COMO UM “TSUNAMI”

Veja também!

Menu