Curso de capacitação do MTur supera os 15 mil inscritos
Atualidades

O curso de atendimento ao turista Brasil Braços Abertos, oferecido pelo Ministério do Turismo, atingiu a marca de 15.875 inscritos. Trata-se de uma plataforma online e totalmente gratuita, destinada a pessoas com mais de 15 anos que já atuam ou pretendem atuar no setor. Os alunos têm até o dia 30 de março para concluir as aulas que dão direito a certificado válido como curso de extensão.

A região Sudeste se destacou em número de inscritos (49,8%), seguida do Nordeste (20%), Sul (17,1%), Centro-Oeste (6,5%) e Norte (5,2%). O maior número de alunos é de São Paulo (3.650), seguido pelo Rio de Janeiro (2.325), Minas Gerais (1.525), Santa Catarina (1.094) e Rio Grande do Sul (979). Residentes de outros países somam 115 inscritos, incluindo Argentina (48), Venezuela (11), Portugal (6), Chile (6) e Uruguai (5).

“O curso, voltado aos profissionais que atuam na linha de frente do turismo, independente do perfil de ocupação, permite que o aluno, especialmente o que já trabalha, planeje seus estudos conforme a disponibilidade de horário. Trata-se de uma excelente oportunidade de se posicionar melhor no mercado, aumentando as possibilidades de contratação na área e aprimorando, de forma geral, o nível de excelência do atendimento ao turista no Brasil”, explica a coordenadora-geral de Qualificação do Ministério do Turismo, Neuza Portugal.

De acordo com uma pesquisa promovida pelo MTur, 95% dos alunos da última edição do curso apontaram a flexibilidade de horário e local para estudar como a principal motivação da qualificação. Outros diferenciais citados foram a chance de aperfeiçoamento profissional (90%), a possibilidade de obter um certificado (84%), a facilidade de acesso às aulas (80%) e a ampliação das oportunidades de inserção no mercado de trabalho (77%).

Com 80 horas-aula, a capacitação abre inscrições a cada ano e se divide em quatro módulos: introdução, atendimento, comunicação e temas transversais. A conclusão exige que o aluno some 696 pontos para obter o certificado, chancelado pelo MTur e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ).

PANROTAS | Por Juliana Monaco

Veja também!

São Paulo terá eventos de fomento ao crédito turístico
TURISMO FATURA MAIS DE R$ 20 BI EM OUTUBRO, SEGUNDO CNC

Veja também!

Menu