BRASÍLIA PASSA A OFERECER HOSPEDAGENS PARA PROFISSIONAIS DO SISTEMA PENITENCIÁRIO
Atualidades

Brasília será a primeira capital a oferecer hospedagem para profissionais do sistema penitenciário. A segunda etapa do programa “Acolher” visa proteger policiais penais que estão na linha de frente no combate à Covid-19 e atuam na Papuda. O anuncio foi publicado nessa quarta-feira (27), no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF).

O Programa Acolher tem como missão cuidar da saúde ocupacional dos servidores da carreira de execução penal do DF, visando os afastamentos decorrentes da contaminação pela Covid-19 e proporcionando maior segurança para que os profissionais não se tornem foco de transmissão junto a seus familiares, impactando diretamente na qualidade do serviço prestado no Sistema Penitenciário do Distrito Federal.

Os servidores irão se hospedar em apartamentos individuais (single), com café da manhã, almoço e jantar. Além disso, terão mais tempo para descansar pois conseguirão acessar facilmente os locais onde trabalham, dada a localização privilegiada dos hotéis. As vagas são destinadas aos profissionais lotados nos estabelecimentos penitenciários e residam com pessoas do grupo de risco e estejam envolvidos no atendimento presencial dos internos suspeitos ou diagnosticados com o coronavírus.

“A Setur está totalmente empenhada nas ações que possam garantir o bem-estar, a proteção e o conforto para os agentes penais e a segurança para as suas famílias. A medida também é providencial para a rede hoteleira, uma vez que o setor do turismo é um dos mais impactados pela crise atual”, avalia a secretária de Turismo, Vanessa Mendonça.

Exigências para a acomodação

Para garantir a segurança dos trabalhadores, o hotel deverá seguir um protocolo de prevenção e limpeza dos ambientes. Os ambientes de uso coletivo, como salas de televisão/cinema, jogos, piscina ou sauna devem permanecer fechados. O estabelecimento também deverá limpar e desinfetar todas as superfícies de contato frequentemente, especialmente maçanetas, corrimões, balcões, botões de elevadores, etc.

Vanessa Mendonça – Secretária de Turismo do DF

Mercado&Eventos

Veja também!

CRISE NA HOTELARIA FECHA O INTERCITY PRAIA HOTEL
APROVADO PROSSEGUIMENTO DO PEDIDO DE RELICITAÇÃO DO AEROPORTO ALUÍZIO ALVES

Veja também!

Menu