“BOLHA DE VIAGEM” É TENDÊNCIA PARA A RETOMADA DO TURISMO
Atualidades

A abertura seletiva das fronteiras entre países vizinhos criaria uma zona de visita segura para viajantes e ajudaria a retomar a economia no curto prazo

Com a pandemia do coronavírus, centenas de países fecharam suas fronteiras internacionais em uma tentativa de conter a disseminação da doença – e abri-las amplamente não parece estar perto de acontecer. Enquanto isso não é viável, o conceito de “bolha de viagens” ganha força, principalmente em alguns países da Europa e também entre Austrália e Nova Zelândia

Ao abrir suas fronteiras para um número restrito de países, as nações criariam zonas seguras para a prática do turismo entre os envolvidos, as chamadas “bolhas de viagens”. Isso porque o controle sanitário e alfandegário entre nações vizinhas pode ser algo muito mais viável de ser implementado e gerido. Até que uma vacina exista, especialistas acreditam que esse modelo seria a única alternativa para que viagens internacionais aconteçam no futuro próximo. 

Fonte: Viagem Turismo

Veja também!

CORONAVÍRUS: BRASILEIROS NARRAM O DESCONFINAMENTO EM PORTUGAL
MINISTRO DO TURISMO APRESENTA AÇÕES DA PASTA PARA OS SETORES DE HOTELARIA E DE PARQUES TEMÁTICOS

Veja também!

Menu